Baixista Michael Pipoquinha se apresenta no EMACS

O jovem cearense de 23 anos, Michael Pipo­quinha, é o mais novo fenômeno baixista da atualidade dentro e fora do Brasil e será uma das atrações do 5º Encontro de Música & Artes do Conservatório de Socorro (EMACS). O artista traz um show especial para Socorro, “Começaria Tudo Outra Vez”, ao lado da cantora Fran Nóbrega, de Bruno Cunha no violão e Marina Siqueira no pandeiro. A apresentação acontece no dia 07 de setembro (sábado), às 20h30, no Teatro do Centro Cultural de Socorro. A entrada é gratuita.

O nome artístico de Michael Pipoquinha não tira a serieda­de do músico, que desde os 11 anos se apresenta profissionalmente. Nasceu em 1996 na ci­dade de Limoeiro do Norte, no Ceará, e foi lá em sua terra na­tal que deu os primeiros passos para a carreira de músico.

Começou como bolsista no Projeto “Cultivando Talentos”, no Conservatório Alberto Nepomu­ceno. Lá ele teve as primeiras aulas de piano, percepção e coral onde conheceu e assumiu seu amor pela música brasileira, em espe­cial a música Nordestina.

Ainda novo, conheceu Artur Maia, um dos expoentes do con­trabaixo Nacional, ídolo que depois se tornou amigo. A par­tir daí, passou a despontar como baixista, participando de impor­tantes Festivais de Música Instru­mental ao lado de grandes nomes da Música Nacional, como Nelio Costa, Artur Maia, Jeferson Gon­çalves e Big Time Orquestra.

Naturalmente despertou curio­sidade por onde passava, devido ao carisma e virtuosismo precoce. Todo seu talento foi destaque no quadro “De olho nele” do Domin­gão do Faustão, onde impressionou o País todo com apenas 13 anos.

Em 2014 lançou seu primei­ro disco intitulado Cearencinho. Com este disco, Michael Pipo­quinha viajou por todo o Brasil com shows de divulgação des­te trabalho autoral. No ano se­guinte, o músico fez sua primei­ra viagem à Europa, convidado a participar do programa “We´­vegot a talent”, onde apresentou temas autorais do álbum Cea­rencinho ao lado da renomada Big Band WDR, em Colônia, na Alemanha. Lá ficou amigo do multi-instrumentista inglês Ja­cob Collier, um dos mais cele­brados nomes do Jazz.

Fez outra turnê pela Europa onde se apresentou ao lado do violonista Cainã Cavalcan­te no Festival Rigas Ritmi, na Letô­nia, fazendo também workshops pela região. Apresentou-se ainda com a cantora Denise Macedo no Araburg Soiree, na Áustria.

Michael Pipoquinha pensa mú­sica 24 horas por dia e em suas téc­nicas aplicadas no baixo é possível perceber fortes influências de gran­des baixistas como os americanos Jaco Pastorius e Joe Patitucci, e do brasileiro Nico Assumpção.

Venha conferir esse grande show no EMACS 2019! O evento é uma realização do Conservatório Municipal de Socorro, Instituto Cultura & Arte – ICA, Conselho Municipal de Turismo, Conselho Municipal de Políticas Culturais, Secretaria Municipal de Cultura e Prefeitura Municipal da Estância de Socorro, e tem o apoio cultural da Bilddenk e Toca do Gatão.

Próximos eventos

Não há eventos se aproximando neste momento.